segunda-feira, 25 de abril de 2016

9 alternativas a implementar para uso racional dos recursos naturais


Ser sustentável é nada mais nada menos do que um despertar da consciência humana. É um catalisador de mudanças para os problemas ambientais, sociais e econômicos. São alternativas e soluções que se devem implementar para haver um uso racional dos recursos naturais.

elfandarilha


1 – Aproveitar água do banho

Faz ideia da quantidade de água fria desperdiçada no seu duche da manhã enquanto espera que aqueça?! Dá para encher um alguidar e, dependendo da quantidade, tem água para duas descargas na sanita. Por isso já sabe, um alguidar não ocupa assim tanto espaço na banheira e é só encher e depois, quando for preciso, é só despejar na sanita evitando assim uma (ou duas) descarga do autoclismo.

2 – Garrafa de água no autoclismo

Coloque uma garrafa de água cheia no autoclismo. Quando este encher a quantidade de água será menos, mas não se preocupe porque a descarga será feita de forma eficaz. Só estará a poupar o ambiente e a sua carteira.

3 – Recicle o seu lixo

Quando deitar alguma coisa fora veja bem se não consegue reutilizar alguma coisa. Por exemplo, rolos de papel, garrafas de água ou outros. São objetos que podem servir de decoração, brinquedos para as crianças, há roupa que pode ser modificada e voltar a ser usada com um look diferente, enfim... tire ideias da internet.

4 – Evite as garrafas de água

Hoje em dia já tem à sua disposição garrafas de alumínio que, para além de serem esteticamente bonitas, permite que faça o refil sempre que lhe apeteça. O plástico é das coisas que mais demora a reciclar por isso é imprescindível que se evite a utilização desmesurada. Prefira as tais garrafas de alumínio, copos de vidro (no trabalho e em casa) ou então, se optar pela garrafa, lave-a bem e use mais do que uma vez.

5 – Toalhas de papel

A tendência, numa casa de banho pública, é retirar sempre a mais as tolhas de papel. Sacuda bem as suas mãos e verá que basta uma ou duas para enxaguar o restante.

6 – Saco das compras na mala

O ideal seria adquirir um saco de poliéster ou algo parecido que dê para dobrar muito bem para não ocupar muito espaço dentro da mala ou então andar com alguns no porta bagagens. Assim, quando for às compras já não gasta dinheiro em sacos e está sempre a reutilizar os mesmos.

7 – Compras no bairro

Incentive a economia do seu bairro e dos pequenos produtores. Os produtos poderão ser mais caros, mas talvez não tenha de conduzir, vai perder menos tempo e, possivelmente, irá alimentar-se melhor, uma vez que a probabilidade de os produtos serem biológicos é grande ou então terem tido pouca exposição a herbicidas.

8 – Deixe o carro na garagem

Há percursos que possivelmente serão difíceis de fazer sem utilizar o automóvel, mas pare para pensar nas vezes que o utilizou sem ter tido grande necessidade. Ande mais a pé (um pouco de exercício nunca fez mal a ninguém), utilize a bicicleta, vá de transportes públicos! Não se acomode e arranje alternativas.

9 – Não comer carne

Não, não lhe estamos a dizer para fazer dieta ou para se tornar vegetariano ou algo parecido. Pelo menos duas a três vezes por semana poderia evitar comer carne. Para além de lhe só fazer bem à saúde, iria contribuir para que não houvesse tantos animais a serem produzidos industrialmente e ajudava à redução de emissão de dióxido de carbono.

Referencias: Musi Strazzera


"Para que o vida não se acabe devemos reciclar o lixo, mas principalmente as pessoas." - Anderson Alves -


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo